Fundação Lia Maria Aguiar adia para 2021 as inscrições para o processo seletivo dos Núcleos Culturais

Em função da pandemia da Covid-19, interessados em ingressar nos cursos poderão tentar uma vaga para o ano de 2022.

Conhecidos pela qualidade educacional, técnica e artística, os três Núcleos Socioculturais da Fundação Lia Maria Aguiar, divididos entre Dança, Música e Teatro, passarão por mais uma mudança interna no calendário. Exclusivamente em decorrência do novo Coronavírus, a alteração ocasionou o adiamento do processo seletivo, antes aguardado para o final de 2020.

Após um momento de suspensão das atividades, seguido de adaptação das aulas práticas e teóricas para o formato digital e da retomada segura das aulas presenciais, o tradicional período de inscrições, destinado a novos alunos de Campos do Jordão, acontecerá no segundo semestre de 2021, quando, aqueles que forem aprovados, ingressarão somente em 2022, evitando assim situações de maior exposição ao contágio do vírus por aglomeração.

A fim de manter o compromisso com a vida de seus funcionários, atuais alunos e familiares, em prol da segurança nesta fase que inspira cuidados, o adiamento do Processo Seletivo da Fundação atua como uma medida cautelosa, em reforço ao posicionamento de responsabilidade e consciência da instituição, que segue na missão de proporcionar as melhores oportunidades e possibilidades para todos.

Estimulando crescimento e conhecimento através da arte, os cursos completos, que promovem não apenas o desenvolvimento da habilidade artística, mas também do caráter cidadão, incentivam a evolução de mais de 500 alunos, entre crianças e jovens de baixa renda, que recebem o suporte necessário de profissionais renomados, confiantes no poder da troca de conhecimento e aprendizado, e apoiados em bases sólidas de compromisso e dedicação.

Desfile de Aniversário

Para celebrar o aniversário de 143 anos de Campos do Jordão, os três grupos culturais da Fundação Lia Maria Aguiar se uniram na Avenida Januário Miráglia, no último dia 29 de abril, para o tradicional desfile de aniversário do município.

A participação no desfile cívico já é uma tradição e uma grande satisfação para a Fundação, que acredita na valorização da cultura e do legado histórico, como um dos caminhos de sucesso para o desenvolvimento das gerações futuras.

Por meio da arte e dos projetos socioeducacionais desenvolvidos nos núcleos de Dança, de Música e de Teatro, a instituição tem feito a diferença na vida de centenas de famílias do município.