Fundação Lia Maria Aguiar realiza ação especial de Páscoa

Alunos dos Núcleos socioculturais foram contemplados com nova entrega de cestas básicas e um ovo de Páscoa personalizado, marcando a data que se aproxima.

Uma mãe e duas filhas posam de frente para a foto, todas usam máscara, duas seguram uma caixa de papelão e a menor segura um ovo de Páscoa.

Há pouco mais de um ano a pandemia da Covid-19 era anunciada no país com desdobramentos preocupantes em todo mundo. Atividades educativas e culturais foram interrompidas pela paralisação, transformando hábitos e rotinas, mas a Fundação Lia Maria Aguiar se manteve empenhada a oferecer melhores condições de ensino e acolhimento social aos alunos e famílias atendidas através de seus projetos sociais.

Ao longo de 2020, a instituição, que manteve suas aulas de forma online, realizou a doação de mais de 2000 cestas básicas, incluindo uma entrega especial de Natal, que proporcionou aos seus beneficiados uma Ceia mais completa. O cuidado com o próximo se estendeu ainda a uma ação de combate ao coronavírus, através da doação de 800 testes RT-PCR, auxiliando a população jordanense na testagem e controle da doença.

AÇÃO DE PÁSCOA

Uma mulher com o cabelo preso e usando máscara assina um papel sobre a mesa, ao seu lado direito esta uma menina jovem usando máscara e segurando um ovo de páscoa.

Embora com processo de vacinação ativo, o vírus segue impactando a sociedade, e a situação de vulnerabilidade em que se encontram centenas de famílias levou a Fundação a realizar uma nova ação, essa especial de Páscoa, onde mais de 500 cestas serão entregues aos alunos dos Núcleos de Dança, Música e Teatro, que receberão ainda um ovo de Páscoa personalizado, simbolizando a data celebrada e que inspira esperança.

Com distribuição segura e controlada, a entrega acontece entre os dias 29 de março e 1º de abril. Cada cesta deverá ser retirada pelo aluno ou representante, desde que não pertencente a grupos de risco, e mediante a agendamento prévio. A medida visa evitar a situação de aglomeração, bem como a exposição ao risco de todos os envolvidos.

Uma menina usando o uniforme da Fundação Lia Maria Aguiar e máscara preta está sentada segurando um ovo de Páscoa azul claro.

Fundação Lia Maria Aguiar celebra ‘Dia da Mulher’ com ações especiais

Data tem edição especial do ‘Papo Cabeça’ com a presença das influenciadoras Ellora Haonne e Negatta. Além de um vídeo compilado de imagens únicas, embaladas pela canção ‘Maria Maria’.

Para celebrar o Dia da Mulher, a instituição que tem à frente a empresária Lia Maria Aguiar, conhecida especialmente em Campos do Jordão por sua força, dedicação e amor ao próximo, e considerada por muitos uma referência inspiracional de figura feminina, realiza em 2021 uma ação inédita, pensada para enaltecer a importância da data e despertar esperança e acolhimento a centenas de outras mulheres.

Com a intenção de direcionar um novo olhar para diversos pensamentos, sentimentos e entendimentos que envolvam o universo feminino, a iniciativa é marcada por uma edição especial para mulheres do ‘Papo Cabeça’. Este é um evento interno que, desde 2018, proporciona aos alunos a oportunidade de uma troca de ideias inteligente, reflexiva e motivacional, com profissionais e personalidades que se conectam a diferentes temas e realidades.

As convidadas

Para conversar com cerca de 300 alunas, com idades entre 7 a 21 anos, foram convidadas as jovens influenciadoras Ellora Haonne e Negatta, conhecidas da Internet por abordarem assuntos relacionados a comportamento, relacionamento, amor-próprio, entre outros temas que permeiam os pensamentos femininos.

A youtuber Haonne cursava o sétimo período de Engenharia quando decidiu mudar de área e se dedicar à comunicação. Ganhou maior reconhecimento na mídia após fazer parte de uma famosa corrente de autoaceitação por meio de um vídeo que fortalece o amor-próprio e a autoestima e carrega a tag “Tour Pelo Meu Corpo”. A comunicadora é também autora do livro “Por todas nós: Conselhos que não recebi sobre luta, amor e ser mulher”, nome que reforça o foco principal dos conteúdos produzidos em seu canal, que soma quase 1 milhão e meio de inscritos.

Já Monique Lorena, mais conhecida como a youtuber Negatta, surgiu em 2014, nas redes sociais, com a intenção de trazer mais conscientização e cultura para o mundo, chamando atenção para diferentes pontos de vista, e usando de muita criatividade, doses de ironia e ‘afrodeboche’, como oficialmente é definida em seu canal, com mais de 70 mil inscritos. Ainda em 2014, ganhou visibilidade nacional e internacional com o projeto fotográfico “#AhBrancoDaUmTempo”, que denuncia o racismo dentro da Universidade de Brasília (UNB). Em 2016, a bacharel em Ciências Sociais recebeu o Prêmio Antonieta de Barros – Jovens Comunicadores Negros e Negras, pela Secretaria de Ações Afirmativas.

Homenagem à mulher

Ainda em celebração ao dia 08 de março, dois vídeos exclusivos, embalados pela emblemática canção ‘Maria Maria’, de Milton Nascimento, reuniram fotos de 50 mulheres representativas, entre profissionais da instituição FLMA e moradoras de Campos do Jordão, que, embora diferentes em suas formas de pensar, sentir ou viver, compartilham do mesmo desejo: serem amadas, respeitadas, valorizadas e reconhecidas.

O vídeo, que traz a música cantada e declamada pelas vozes de Juliana Ferreira, Maria Tereza e Sara Milca, e com arranjo do professor, diretor musical e maestro Thiago Gimenes, coroa a ação especial realizada pela Fundação Lia Maria Aguiar que homenageia, não só essas, mas tantas outras ‘Marias’, que, ao longo de quase 13 anos, fazem parte da sua história.

Você pode assistir aos vídeos clicando aqui e aqui.

Dona Lia recebe primeira dose da vacina contra a Covid-19

A presidente da Fundação Lia Maria Aguiar foi imunizada nesta segunda-feira

Seguindo todos os protocolos de segurança, a empresária e benfeitora Sra. Lia Maria Aguiar, recebeu nesta segunda-feira, a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Aos 82 anos, faixa etária que a coloca na fase prioritária da campanha, ela celebra a oportunidade de receber essa dose extra de esperança e endossa a confiança na imunização, capaz de resgatar a esperança da população.

Ninguém esperava um problema desses, mundial, mas tentamos fazer o melhor possível e conseguimos levar a frente a Fundação, os projetos que tínhamos e nossas iniciativas solidárias. Poder receber essa vacina pela Prefeitura de Campos do Jordão e ver as pessoas sendo protegidas, é saber que estão recuperando suas expectativas e melhorando as perspectivas de vida”, diz.

Sra. Lia Maria Aguiar recebe primeira dose da vacina contra Covid-19

Dona Lia – como é carinhosamente conhecida – é considerada uma cidadã de respeito, especialmente em Campos do Jordão, cidade onde reside desde 2005. No município também foi fundada a instituição independente e sem fins lucrativos que leva o seu nome, e que, há quase 13 anos, é responsável por contribuir com a educação e entretenimento local e promover grandes projetos e eventos socioculturais.

Em 2020, buscando amenizar impactos, a Fundação Lia Maria Aguiar foi responsável pela distribuição de mais de 2000 cestas básicas para as 650 famílias atendidas. Também realizou a  doação de 800 testes RT-PCR para a cidade, em parceria com o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês, resultando em uma ação de suma importância no combate à pandemia e controle da propagação do vírus.

Natal dos Sonhos 2020 conta com ações inéditas de solidariedade

 Exaltando a Fé, o Amor e a Paz, a instituição também promove realizações que incentivam todos a fazer o bem.


Em um ano que a sobrevivência e a esperança caminharam de mãos dadas com a solidariedade e a gratidão, a Fundação Lia Maria Aguiar ressalta a importância de renovar a fé e os sonhos, e promove o ‘Natal dos Sonhos’.

O evento ilumina a cidade e os bons sentimentos de cada cidadão ou visitante e ainda busca ensinar o verdadeiro significado da época para as crianças e jovens que fazem parte da instituição.

Neste ano, uma iniciativa especial fará parte das ações do Natal dos Sonhos e envolverá os alunos da instituição, divididos entre os núcleos culturais de Dança, Música e Teatro. A oportunidade quer promover a reflexão sobre o verdadeiro espírito natalino, que busca ensinar a importância da reciprocidade e de se fazer o bem.

Em breve, mais de 450 crianças e jovens terão a chance de despertarem dentro de si um olhar mais generoso sobre a vida e de estenderem a mão ao próximo, missão que é bem cumprida pela Fundação desde a sua criação.

Anualmente, o Natal dos Sonhos renova as esperanças em Campos do Jordão

A época do ano que traz alegrias e bons sentimentos se ressalta com as ações da Fundação Lia Maria Aguiar

Muito aguardado todos os anos, o ‘Natal dos Sonhos’ é realizado há mais de uma década pela Fundação Lia Maria Aguiar, que sempre incentiva os bons sentimentos e se dedica na missão de intensificar a magia da celebração natalina.

O evento é marcado sempre por uma decoração especial, repleta de luzes e cores, que pode ser apreciada por quase dois meses. Beneficiando a temporada de verão na cidade, o evento promove atrações que atraem mais movimentação a Campos do Jordão.

Tradicional na região da Serra da Mantiqueira, a atração é pensada para promover entretenimento tanto para moradores, como para os turistas, atraindo visitantes do Vale do Paraíba, da capital paulista e também outras localidades.

Embelezando ainda mais os principais pontos da cidade, a decoração começa no Portal que ganha ainda mais charme, passando pela Praça da Abernéssia e chegando na Praça do Capivari. Todos os locais ganham enfeites temáticos em grandes proporções, como Papais Noéis, garantindo um registro fotográfico inesquecível e muitas recordações.

Pensado com muito carinho a cada edição, a Fundação acredita que o espírito natalino é capaz de renovar as esperanças e estimular a imaginação. Por isso, trabalha para despertar novas perspectivas e as emoções características da data em todos os corações. O que faz deste, o momento perfeito para fortalecer a fé em um amanhã repleto de sonhos e possibilidades.

Natal dos Sonhos 2020 ganha um portal temático on-line

Com jogos interativos, notícias e cartões de natal, o site promove entretenimento nessa época do ano.


Nas edições anteriores do Natal dos Sonhos, a Praça da Abernéssia contou com a presença dos brinquedos revestidos por uma estética natalina, promovendo a diversão para as crianças que passaram no local durante os dois meses de evento.

Mas neste ano, a preocupação em manter os cuidados com a saúde prevaleceu e as gangorras, balanços e escorregadores deram lugar à uma área virtual inédita e interativa, que poderá ser acessada por diferentes dispositivos, como celulares e tablets.

Todos os visitantes poderão acessar esse portal exclusivo do ‘Natal dos Sonhos’, através do QR Code disponível nos totens e banners distribuídos nos principais pontos da cidade.

Uma série de atividades estarão disponíveis para estimular a criatividade das crianças e adultos por meio de jogos lúdicos como quebra-cabeça, labirinto, jogo da velha e jogo da memória.

Além disso, também será possível cultivar os bons sentimentos através do envio de um cartão natalino com uma mensagem de carinho e esperança, acompanhar vídeos e notícias sobre o evento e conhecer demais projetos realizados pela Fundação Lia Maria Aguiar.

Fundação Lia Maria Aguiar reforça os bons sentimentos na nova edição do evento ‘Natal dos Sonhos’ em Campos do Jordão

Com programação adaptada em função da pandemia, celebração em Campos do Jordão mantém a magia da decoração e resgata espírito natalino como fonte de esperança.

Em um ano que foi preciso diminuir o ritmo e acelerar a criatividade, a Fundação Lia Maria Aguiar encontrou maneiras de seguir com o trabalho realizado e se adaptar ao novo cenário. Desafiador para todos, foi necessário transformar dificuldade em oportunidade para que 2020 chegasse ao fim sem levar com ele a esperança de dias melhores. E essa esperança essa que se revigora com o Natal é, justamente, o mote principal do novo ‘Natal dos Sonhos’, promovido pela instituição há 12 anos e que, a partir de 20 de novembro, trará ainda mais luz e cor a Campos de Jordão.

Considerando todos os cuidados e medidas de segurança necessárias em função da Covid-19, o tradicional evento na cidade serrana, realizado pela instituição em parceria com a Prefeitura Municipal de Campos do Jordão, mantém a iniciativa de envolver e encantar a todos que passarem por lá até o dia 11 de janeiro.

O ‘Natal dos Sonhos’ também seguirá decorando três dos seus principais pontos turísticos: o portal de entrada, a Praça da Abernéssia e a Praça do Capivari, que, com suas luzes, ressaltam a beleza dos mais famosos ambientes, sempre visitados por moradores e turistas de todo o Brasil.

O encanto das luzes e enfeites natalinos

Neste ano, a fim de evitar aglomeração e a exposição da população ao risco da contaminação do novo Coronavírus, o tão aguardado acender das luzes acontecerá de forma programada, podendo ser acompanhado a partir das 20h do dia 20 de novembro. O ponto de partida será o charmoso portal de entrada da cidade, seguindo por toda avenida principal, até chegar nas conhecidas praças.

Para quem não resiste a ornamentos natalinos e boas fotos em cenários instagramáveis, a Fundação apresenta, além da iluminação especial, itens decorativos em grandes proporções, como os Papais Noéis, com mais de 2 metros cada, e o tradicional livro, presente em todas as edições e que se encontra localizado na entrada da cidade, dando boas-vindas a todos que passam por lá e apresentando o conceito visual do evento, que a cada ano renova a intenção.

Diferente das edições anteriores, em que a cidade recebe o período festivo com apresentações de música, dança e teatro, as atrações, comandadas especialmente pelos alunos dos três núcleos socioculturais da instituição, darão lugar a um convite reflexivo sobre o Natal e seu verdadeiro significado, onde palavras motivacionais poderão ser encontradas nas áreas mais visitadas, remetendo aos votos desejados em 2020: Paz, Amor e Fé.

Devido à pandemia e à necessidade de manter os cuidados com a saúde, os famosos brinquedos que movimentam o bairro da Abernéssia nesta época, como gangorras, balanços e escorregadores revestidos de um visual natalino, também não estarão disponíveis. Em conexão ao momento, a diversão estará garantida em ambiente virtual, através de uma plataforma a ser lançada em breve, com acesso a atividades lúdicas, vídeos e notícias, além de uma apresentação de todos os projetos da instituição.

A valorização da data estará ainda diretamente relacionada à doação de uma nova leva de cestas básicas, estas especialmente natalinas, destinadas aos alunos da Fundação, seguindo a ação que vem sendo realizada desde abril pela instituição.

Fundação Lia Maria Aguiar celebra 12 anos de arte-educação com poesia e criatividade

Instituição convida escritor Edgard Abbehusen e ilustrador Flávio Wetten, conhecidos das redes sociais, para ação especial de aniversário.

A Fundação Lia Maria Aguiar completa 12 anos em 2020 e, em um ano onde muitas celebrações deram lugar às reflexões, dois artistas com mentes pensantes e corações pulsantes foram convidados para representar, com suas linguagens, essa história de motivação, superação e conquista construída ao lado de cada um que compartilha dessa eterna missão pela transformação.

Ambos conhecidos das redes sociais por dialogarem com o cotidiano, de um lado há a poesia inspiradora de Edgard Abbehusen, jornalista e escritor que se destaca por textos que trazem acalento e esperança ao falar de temas como amizade, coragem, sonho e determinação.

Do outro os traços e cores marcantes de Flávio Wetten, conhecido como ‘Life On a Draw’ e pela coroa usada em seus desenhos, que representam a busca por aquilo em que se acredita e que leva à realização, sempre ‘vestindo’ ilustrações e frases positivas.

Juntos, os artistas trazem conexões especiais com o trabalho exercido pela Fundação, que há mais de uma década se dedica a explorar o melhor de cada aluno, despertando-os não só para os talentos que possuem, mas também para um mundo de possibilidades e oportunidades, onde o aprendizado de disciplinas e valores caminham em direção a um futuro melhor e os objetivos não se perdem em meio às dificuldades.

Núcleo de Dança da FLMA participa do Festival Bravos Dança 2020 e conquista prêmios on-line

O evento foi realizado pela primeira vez de forma virtual e os alunos da Fundação Lia Maria Aguiar foram convidados para integrarem o elenco da edição gratuitamente.

Nos dias 19 e 20, o Festival Bravos de Dança realizou, de forma digital, sua nova edição de setembro, a Bravos Excellence. Dentre as escolas envolvidas, o festival contou com a participação do grupo de alunos do Núcleo de Dança da Fundação Lia Maria Aguiar para uma apresentação diferente, em função da pandemia da Covid-19, que relembrou três das coreografias que fizeram parte do espetáculo ‘O Castelo Mágico’, apresentado no ano de 2019 em Campos do Jordão.

Por meio de um convite da diretora do festival, Sandra Riego, os alunos do Núcleo de Dança da Fundação, coordenado pela professora Fabiana Nemeth, puderam participar do evento pelo 7º ano consecutivo.

Os jovens talentos da instituição foram premiados virtualmente com as coreografias ‘Morganas’, que conquistou o 3º lugar com a Professora Flavia Cassiano, na categoria Infantil Ballet Clássico Livre; ‘Tíbio e Perônio’, ganhadora do 2º lugar com a Professora Ana Claudia Winther, na categoria Dança Contemporânea Juvenil; e ‘João de Barro e as Patativas’, também responsável pelo 2º lugar com o Professor Raphael Panta, na categoria Juvenil Ballet Clássico Livre.

Coreografia Tíbio e Perônio – Espetáculo “O Castelo Mágico” – 2019

Especializada há quase 20 anos na realização de Festivais de Dança, a Bravos se dedica a reunir escolas, professores, bailarinos e coreógrafos que vivam desta arte, se dediquem à aprimorá-la e valorizem um dos seus maiores propósitos: chegar ao palco, onde se encontra a maior realização de um artista. Pensando em promover o reencontro de profissionais, alunos e parceiros, a edição on-line pôde acontecer e contar com aqueles que já acompanham o trabalho realizado, a exemplo dos bailarinos em formação da FLMA.

“Realizar este evento on-line foi um jeito de fazer um reencontro com as escolas, serviu como uma válvula de escape, pois com a pandemia as pessoas não tinham onde dançar. Claro que não tem a mesma energia de uma apresentação ao vivo, mas me surpreendeu muito o nível do festival, pois mesmo com o medo que tinha, de nunca ter feito nada parecido, depender de conexão de internet,  deu tudo certo, pareceu um espetáculo de dança”, contou a diretora Sandra Riego.

Ela também elogiou os trabalhos da coordenadora do Núcleo de Dança da FLMA e relembrou o 2º lugar conquistado pela aluna Lívia Franceschinni, com seu Pas de Deux, que lhe rendeu também uma premiação especial do Júri, como ‘Destaque Feminino’.

Coreografia João de Barro e as Patativas – Espetáculo “O Castelo Mágico” – 2019

Já para a coordenadora Fabiana, o convite e a oportunidade para integrar a edição 2020 renova as esperanças e expectativas sobre tudo aquilo que se abalou com a chegada do novo Coronavírus, responsável por paralisar todas as atividades, especialmente as artísticas e culturais.

“Em tempos como o que estamos vivendo, poder participar desses eventos de forma on-line, nos traz otimismo e alegria para não desanimar. É sempre muito importante ter bons jurados julgando nossas coreografias, pessoas essas que não participam do nosso dia a dia. Isso nos ajuda a enxergar longe e querer sempre melhorar, o que só pode engrandecer nosso trabalho.”, comenta a coordenadora em relação aos jurados Ana Bottosso, Zeca Rodrigues e Ricardo Scheir, referências da arte no Brasil e no exterior e convidados do Festival deste ano.  

Coreografia Morganas – Espetáculo “O Castelo Mágico” – 2019

Fotos: BolhaSet/Renan Livi

Mudança e transformação: Fundação Lia Maria Aguiar promove palestra on-line gratuita com Mario Sérgio Cortella

Muitos são os desafios que acompanham um processo de mudança, mas compreender que este pode estar diretamente ligado à uma evolução positiva é o que torna o cenário mais favorável. Considerando isso, a Fundação Lia Maria Aguiar, de Campos do Jordão-SP, convidou o professor, educador, escritor e filósofo Mario Sérgio Cortella para falar sobre o tema em sua palestra “Mudar é Complicado? Acomodar é Perecer”. O evento, que se dará de forma on-line e gratuita no dia 24 de agosto, às 19h, será aberto ao público e seu conteúdo poderá ser acessado através do Instagram da instituição (@fundacaoliamariaaguiar).

A palestra é parte da programação do evento anual “Encontro da Cidadania”, realizado pela instituição, e que recebe diversos pensadores, professores, historiadores, profissionais da saúde, do esporte e da comunicação, tendo inclusive já contado com a participação de Cortella em anos anteriores. Promovido pela primeira vez virtualmente, a edição teve início no mês de julho, com uma primeira palestra de Leandro Karnal. Seguindo a mesma proposta, o bate-papo, porém, foi destinado exclusivamente a funcionários e colaboradores, com a intenção de refletir sobre um cenário melhor no ambiente de trabalho.

Para a palestra do Cortella, o tema abordado se conecta às muitas questões cotidianas, pessoais e profissionais, que, frequentemente, levam pessoas a abandonarem situações confortáveis para enfrentarem uma nova realidade, que exija certa adaptação. Nessas horas, enxergar o lado positivo de uma mudança é fundamental e, em tempos de pandemia, onde o novo Coronavírus colocou ‘em quarentena’ não só a população, mas também projetos, sonhos e sentimentos, a Fundação Lia Maria Aguiar oferece uma grande oportunidade de reflexão, não só para alunos e funcionários, como também para todos que queiram despertar para novos olhares e pensamentos sobre as mudanças deste, ou de qualquer outro momento, que exija cautela, flexibilidade e esperança.

Em paralelo ao evento de palestras, atualmente alunos e professores desfrutam de cursos e workshops por meio de encontros, também virtuais, organizados pela Fundação. Considerando todas as limitações atuais, a instituição procura explorar o melhor de seus envolvidos, oferecendo estímulo, reciclagem de conhecimento e novas perspectivas na troca de aprendizado. Profissionais como Jamil Dias, grande estudioso da história do Teatro, e renomados bailarinos e coreógrafos como Silvana Franzoi, Douglas Nossa e Layla Mulinari, já partilharam de sua sabedoria e metodologia de trabalho.

A Fundação em prol da população de Campos do Jordão

Se dedicando há mais de 10 anos na ampliação da cultura, educação e turismo de Campos do Jordão, a instituição, que hoje conta com cerca de 650 alunos, entre crianças e jovens, oferece cursos completos, divididos em três núcleos, com aulas de canto, teatro, dança, música e circo, cujo aprendizado é potencializado ao longo dos anos, por meio dos eventos culturais realizados na cidade e região.

No atual contexto de pandemia, mais de 2000 cestas básicas, contendo itens de alimentação e higiene, já foram doadas às famílias assistidas. E em um macro cuidado, como forma de ajudar no controle da Covid-19, centenas de testes PCR foram doados à população jordanense, resultado de uma parceria com a Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês e o apoio da prefeitura local.

Ainda em parceria com o grupo Sírio-Libanês, a Fundação prepara para 2021 a inauguração de um ambulatório médico, que contará com a ajuda dos profissionais do renomado complexo hospitalar brasileiro, considerado há quase 100 anos um dos mais importantes da América Latina.