FLMA apresenta relatório sobre a doação de exames PCR para Campos do Jordão

Iniciativa de doação de exames PCR contribui para o controle da pandemia na cidade e segue ativa nos pontos de Estratégia Saúde da Família (ESF).

Há pouco mais de um mês, a Fundação Lia Maria Aguiar vem propiciando melhores condições no combate à Covid-19 para Campos do Jordão. Em uma ação social de suporte à Secretaria de Saúde do Município e através da Sociedade Beneficente de Senhoras do Hospital Sírio-Libanês, a instituição doou para a Prefeitura da cidade centenas de testes RT-PCR, a serem aplicados ao longo de quatro meses. Até o momento mais de 200 moradores foram testados a partir da ação de doação dos exames, garantindo um maior controle da doença viral entre seus 51 mil habitantes.

De acordo com o último boletim oficial, divulgado pelo site da Prefeitura em 08 de julho, 205 casos da infecção já foram confirmados, sendo 171 deles diagnosticados nos últimos 37 dias, período em que a ação promovida pela Fundação vem sendo executada, com coletas realizadas duas vezes por semana nos pontos de Estratégia Saúde da Família (ESF).

A cidade, que no início da pandemia do novo Coronavírus tinha um déficit no acesso ao resultados dos exames de PCR – um dos métodos considerados mais eficazes para diagnosticar o vírus de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) -, pode agora trabalhar de forma ágil com números mais verossímeis através da disponibilização de resultados em até 48 horas.

A iniciativa da Fundação Lia Maria Aguiar, comprometida de forma social e cultural com a população há mais de 10 anos, age diretamente no gráfico da cidade jordanense, uma vez que a ampliação da testagem permite que pessoas submetidas ao exame por apresentarem sintomas como febre, tosse e limitações respiratórias, que resultem um diagnóstico positivo, iniciem imediatamente seus tratamentos, impedindo uma maior propagação da contaminação.

A ação positiva reflete ainda no processo de flexibilização da quarentena na cidade, que, embora cheia de atrativos, apresenta um cenário de carência e falta de estrutura em diversos setores, se fazendo totalmente dependente do turismo, especialmente nesta época do ano. Os testes, em conjunto com as medidas preventivas e o isolamento social, recomendado mundialmente pela OMS, permitem que a cidade inicie um cuidadoso processo de retomada em melhores condições de segurança.

FLMA promove parceria entre Sírio-Libanês e Prefeitura de Campos do Jordão

Unindo forças em uma iniciativa de emergência na luta contra o novo Coronavírus, a Fundação Lia Maria Aguiar, em parceria com o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês, se dedica ao reforço da disseminação de informações técnicas, sobre medidas preventivas, contribuindo para que os moradores locais e da região tenham ainda mais chances ao diagnóstico e tratamento.

Nos dias 25 de março e 07 de abril, representantes da instituição participaram de reuniões em conjunto com o Secretário de Saúde do município, Dr. Marcio Stievano, e uma equipe técnica formada por profissionais locais e consultores do Instituto de Responsabilidade Social Sírio Libanês, entre eles Francilio de Oliveira Santos (fisioterapeuta e consultor de projetos do Sírio-Libanês), Miriam de Tolledo Maciel, (consultora sênior do Hospital Sírio Libanês e enfermeira), Dra. Agnes, médica do Hospital. Além do secretário de Saúde, participaram também enfermeiras do complexo de Saúde de Campos do Jordão, Cristiane Bueno e Beatriz Magalhães.

Entre as pautas tratadas nestas conferências, estão a discussão das melhores práticas para recebimentos e triagem de pacientes com suspeita de sintomas da COVID-19 e o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Também foram discutidos temas referentes ao tratamento dos pacientes infectados, como o manejo respiratório dos mesmos, além da preocupação com a saúde mental e o bem-estar dos profissionais envolvidos no controle da pandemia.

“Contar com o apoio e a experiência de um hospital com as qualidades do Sírio-Libanês é um grande diferencial nesta luta contra a Covid-19. Toda a equipe ativa nessa ação possui muito conhecimento, que está sendo compartilhado com os profissionais da cidade, para agregar ainda mais eficiência no tratamento do Coronavírus”, explica Luiz Goshima, diretor da Fundação.

FLMA Realiza Ciclo de Palestras para Crianças e Jovens

Saúde e bem-estar são assuntos essenciais em qualquer fase da vida, principalmente, durante a infância e a adolescência, fases de desenvolvimento físico e psíquico do ser humano.

Pensando nisso, a Fundação Lia Maria Aguiar, que neste ano completa uma década, promoveu no último sábado (10) o “Papo Cabeça: Saúde e Bem-Estar”, um ciclo de palestras para mais de 600 alunos dos seus programas socioculturais.

Durante toda uma tarde, os estudantes e seus familiares puderam debater e conhecer mais afundo sobre alguns temas importantes para o crescimento, tais como: Higiene Pessoal e Bucal, Alimentação Saudável, Bullying e Saúde e Sexualidade.

Para apresentar os assuntos, profissionais renomados foram convidados para o evento, entre eles a pediatra Dra. Ana Paula Witzler, o dentista Dr. Luciano Castro, a nutricionista Renata Zen e as psicólogas Fabiana Luckemeyer e Cris Borges.

Confira as fotos do “Papo Cabeça: Saúde e Bem-Estar”